sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Simplicidade...

Lembro perfeitamente bem daquelas tardes castanhas com nuvens cor de rosa no céu. Mesmo nas épocas de inverno, a maioria dos dias o céu era claro. Lembro de ver crianças três andando de bicicleta todos os dias da semana, nas férias. Subindo a ladeira, pra ir até uma lanchonetezinha comprar “dudu”. Lembro-me também dessas mesmas três crianças descendo uma grande ladeira cheia de buracos, denominada “treme-treme”. As caminhadas sem rumo; acerola do pé do cemitério; caçar tanajura; por do sol; corcovado; editora Buuu; um dinheiro; Levivimobici...
As férias no interior, justamente no nordeste – discriminado – são as melhores do mundo.
Não é das férias que eu sinto falta, e sim daquelas férias lindas, da inocência, das brincadeiras, das risadas por motivos fúteis! As coisas eram tão simples naquele tempo: Palhaço tinha graça, o dudu tinha mais sabor, bicicleta era o principal meio transporte, os filmes tinham mais graça... Era tudo tão SIMPLES!

-Por Victória Vieira, que sente falta da infância, das férias...
- Pauta para o PostIt!

Um comentário:

Elisa Mucida. disse...

Ah, que lindo o texto Victóooriia *-*
Dudu? Ahhh, por favor, me conte o que é isso. POKSAPOKASKSA

É, era tão bom ser criança né? E rir de tudo, e não ficar sentada na frente de um computador o tempo todo, poder agir de uma maneira mais leve, MAIS SIMPLES.

Amei o texto.

Beijos